Ana Filipa Guerra Raposo de Magalhães

n: 3 Maio 1958
  • Nascimento: 3 Maio 1958; Lisboa
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

António Carlos Guerra Raposo de Magalhães

n: 24 Outubro 1951, f: 24 Janeiro 2005

Familia: Maria Lucinda dos Santos Rodrigues Pinto n: 11 Set 1952, f: 11 Set 1982

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

António Coutinho Raposo de Magalhães

n: 1948, f: 9 Fevereiro 2006
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

António Maria Abreu Raposo de Magalhães

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

António Maria França e Silva Raposo de Magalhães

  • Nascimento:
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

António Neves Raposo de Magalhães

n: 1916
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Bernardo Maria Farrusco Raposo de Magalhães

n: 27 Setembro 1995
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Clementine Maria Bronislawa Antónia Chrobok Raposo de Magalhães

n: 21 Abril 2010
  • Nascimento: 21 Abril 2010
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Diogo Manuel Farrusco Raposo de Magalhães

n: 31 Agosto 1992
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Dr. Duarte Carlos Guerra Raposo de Magalhães

n: 13 Fevereiro 1956

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Eduardo Neves Raposo de Magalhães

n: 1915
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Fernando Emílio Neves Raposo de Magalhães

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Fernando Manuel Quintas Raposo de Magalhães

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Francisco José Farrusco Raposo de Magalhães

n: 24 Fevereiro 1982
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Francisco José Lobo Guedes Raposo de Magalhães

n: 8 Outubro 2009
  • Nascimento: 8 Outubro 2009
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Giovana Agnieszka Maria Antónia Chrobok Raposo de Magalhães

n: 27 Novembro 2006
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Gonçalo Nuno Farrusco Raposo de Magalhães

n: 15 Dezembro 1983
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Arq. Jorge Champalimaud Raposo de Magalhães

n: 16 Setembro 1970
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Jorge Emílio Guerra Raposo de Magalhães

n: 30 Julho 1944, f: 22 Maio 2016

o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"

Dr. José Eduardo Raposo de Magalhães

n: 12 Junho 1844, f: 9 Outubro 1942
  • Nota: Nasceu em Alcobaça, era 12 de Junho de 1844. Tirou o curso de Engenheiro-Militar na Escola do Exército de Lisboa e formou-se em Matemática e Filosofia na Universidade de Coimbra. Dedicou-se, porém, à agricultura, onde fez brilhantíssima carreira, tendo dado alto renome à sua terra natal pelo inteligente desenvolvimento e fama da sua importante produção vitícola e vinícola. Em 1880, os seus produtos vinícolas foram premiados na Exposição do Palácio de Cristal do Porto e, em 1884, na Exposição da Tapada da Ajuda, em Lisboa. Quando foi da invasão da filoxera, replantou as suas vinhas, tendo mandado vir os primeiros enxertos de França. Foi o Dr. José Eduardo quem, em 1886, colocou os primeiros vinhos de Alcobaça no Brasil, onde tiveram excelente aceitação. No livro Le Portugal et son Activité Economique, publicado, em 1932, pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, extracto feito do livro Portugal sob o ponto de vista agrícola do Prof. Cincinato da Costa, lê-se, a pág. 159: "A cette catégorie (vins de table), se rattachent les vins de Oeiras et ceux d'Alcobaça, qui sortent des caves de M. José Eduardo R. de Magalhães. Les vins rouges de cette dernière origine sont préparés avec grand soin ".
    Em 1875, o Dr. José Eduardo um dos fundadores da Biblioteca e do Gabinete de Leitura, anexos ao Clube Alcobacense, Biblioteca que, depois de 1951, foi integrada na Biblioteca da Câmara Municipal de Alcobaça.
    Foi também um exímio executante de música, tendo-lhe vindo o gosto por esta arte desde os seus tempos de estudante de Coimbra, onde pertenceu à Tuna Académica. Regeu, por vezes, a Orquestra Alcobacense.
    Após a Revolução de Cinco de Outubro de 1910, foi o primeiro Governador Civil do distrito de Leiria. Pela primeira vez, se viu um alcobacense a dirigir a política do Distrito. Tinha então 66 anos o Dr. José Eduardo, que, nesta idade, ainda desfrutava de validez e energia, tendo exercido, durante pouco tempo, esta função com grande elevação e dignidade. O Dr. José Eduardo aceitou este cargo por mero cumprimento de um dever cívico e com isso abandonou a administração da sua importante casa, prejudicando os seus legítimos interesses e alterando os seus velhos hábitos de vida.
    Em 1911, publicou um bem elaborado folheto intitulado Aos Proprietários Agricultores do Concelho de Alcobaça, onde fazia judiciosas considerações acerca da obrigação imposta, pelo decreto de 4 de Maio desse ano, aos agricultores de apresentarem, nas Secretarias de Finanças, as declarações relativas ao rendimento líquido colectável das suas propriedades.
    Em 1913, o Dr. José Eduardo cedeu gratuitamente um bocado de terreno da sua propriedade para aí se construir a Central Eléctrica, apenas com as condições de se construir um muro de vedação e de se substituir uma antiga serventia por outra.
    Duma vez, entregou a uma comissão, que o procurou, por parte do Hospital da Misericórdia, um sobrescrito com 1.000 escudos e, de outra, entregou ao então Provedor da Misericórdia, João Ferreira da Silva, algumas inscrições de valor nominal de certa importância.
    Faleceu em Alcobaça, em 9 de Outubro de 1942, com 98 anos de idade. Está sepultado em Alcobaça, no cemitério da Roda.1
  • Nota: Bacharel em Filosofia(UC)
    Bacharel em Matemática(UC)
    Licenciado em Engenharia Civil(UC)
    Governador Civil de Leiria
    Músico amador e regente
    Lavrador e vitivinicultor
  • Nascimento: 12 Junho 1844; Alcobaça, Alcobaça, Alcobaça
  • Casamento: 30 Janeiro 1882; Principal=Maria Virgínia de Carvalho Remígio
  • Falecimento: 9 Outubro 1942; Alcobaça, Alcobaça, Alcobaça; Ficou enterrado no cemitério da Roda (Alcobaça)

Familia: Maria Virgínia de Carvalho Remígio n: 15 Mai 1846, f: 1946

Citações

  1. Bernardo Villa Nova Figuras de Alcobaça e sua região, Ed. do autor, Alcobaça, 1ª edição (1959).
o responsável por este sítio agradece quaisquer outras indicações sobre este indivíduo que podem ser enviadas para o nome referido no "pé de página"